sexta-feira, 12 de outubro de 2007

União Estável entre homossexuais.


Um assunto há muito tempo discutido, mas nunca resolvido, a união estável entre homossexuais está cada vez mais em pauta. Muita gente ainda vê com preconceito e só vê o lado que chamam de "promíscuo" da coisa, e esquecem que muitos casais gays podem se amar e respeitar mais do que muitos heterossexuais, como manda a sociedade. Não que seja maioria, mas cada vez mais vemos casais gays duradouros, se cuidando mais (Os indices de HIV aumentam mais entre os "certinhos" heterossexuais do que entre os homossexuais hoje em dia, até então vistos como grupo de risco - Na verdade, grupo de risco é qualquer um que transa sem camisinha).
A mídia vem ajudando numa sucessão de novelas que vem mostrando casais gays com respeito, como as adolescentes de "Mulheres apaixonadas", as lésbicas se descobrindo em "Senhora do Destino", o Adolescente de "América" e o casal gay certinho e bem resolvido de "Paraíso tropical", em que todos torciam pelo esperado primeiro beijo gay (que nunca sai).
Muitos estados já liberam o contrato de união estável e a adoção já é uma realidade não tão impossível. O fato de o estado reconhecer o direito de pensão para uma união considerada estável, plano de saúde para companheiro homossexual, ou o caso da companheira de Cássia Eller que conseguiu a guarda do filho da outra são grandes avanços.
Esperamos mais novidades por aí!

Nenhum comentário: