terça-feira, 17 de março de 2009

CRÍTICA - O LEITOR


Muita gente já torceu o nariz para "O Leitor" antes mesmo dele estrear por aqui. Motivo: Antes das indicações ao Oscar, já havia entre os jornalistas a certeza da inclusão de quatro títulos na lista: "Frost/Nixon", "O curioso caso de Benjamin Button", "Milk" e "Quem quer ser um milionário?". O problema era a quinta vaga. Alguns apostavam no introspectivo "Foi apenas um sonho", outros no musical que rendeu milhões "Mamma mia", mas o que todo mundo queria mesmo era ver "Batman O cavaleiro das Trevas" lá. Seria a vitória dos filmes em quadrinhos, de se mostrar que pode-se sim fazer cinema pop com qualidade. Porém, veio o balde de água fria: "O leitor" conseguiu a indicação e recebeu críticas de todos os lados, de quem nem o tinha visto. Mas o caso aqui é que, passada a raiva e vendo-se o filme enfim, "O Leitor" é um puta filme. Não faz feio em nenhum momento entre os outros, é belo, delicado e ao mesmo tempo, forte, carnal. Stephen Daldry faz aqui um trabalho muito mais envolvente do que em "As horas" e emociona na história de Michael Berg, um garoto de 15 anos, que ao ficar doente conhece Hannah Schmitz, e vive com ela uma tórrida paixão. Ele fica obcecado por ela, que é sua primeira paixão, e ela parece não querer mais que sexo e que o garoto leia pra ela cada vez mais livros e livros. Depois de uma briga, eles ficam anos sem se ver, e ele só a reencontra sendo julgada por ser uma das carcereiras do campo de concentração de Auschwitz. Nesse momento do filme (um dos mais fortes), ela acaba escondendo por vergonha um segredo que vai mudar totalmente sua vida. Kate Winslet, pra mim a melhor atriz do cinema na atualidade, não está menos que perfeita: Dura e fria quando tem que ser, mas transbordando emoções contidas em alguns momentos, realmente merecedora de todos os prêmios que recebeu pelo trabalho. Ralph Fiennes aparece pouco, mas marca todas as suas cenas com seu grande talento e o garoto David Kross é uma revelação a ser apreciada. O filme, uma maneira diferente de se ver o Holocausto, é como Hannah e como a vida: Duro sim, mas também extemamente sensível.

O LEITOR (The reader)
Direção: Stephen Daldry
Elenco: Kate Winslet, Ralph Fiennes, David Kross, Bruno Ganz, Lena Olin
EUA/ Alemanha, 2008.

6 comentários:

esdras b disse...

Aiiii!!!! Eu tô me rasgando pra ver esse filme e vc ainda me faz uma crítica dessa!!!
AS HORAS está no meu top 5 de filmes preferidos junto com PECADOS ÍNTIMOS, DOGVILLE, BRILHO ETERNO... e FOI APENAS UM SONHO, e vc ainda vem dizer q O LEITOR é melhor q o filme com Nicolle, Julianne e Meryl, aí eu morro!!!!!!!!!!
Q inveja de vc qria conseguir assistir tantos filmes qto gostaria. Por enquanto tô meio parado, mas vou voltar a minha velha fórmula cinéfila em breve>
Abços!!!

Ps.:Esqueci de perguntar oq achou da crônica q te enviei sobre o filme de Sam Mendes?

Carioca disse...

pela sua critica com ctz darei uma conferida =D
otimo blog!

http://raciocinioquebrado.blogspot.com/

anaiar disse...

Ainda não tinha ouvido falar desse filme, mas pela sua crítica fiquei louca pra ver!! Parabéns pelo blog, acabei vendo um texto seu tb no orkut entrando na curiosidade tipicamente feminina e achei muuuito bom. "conheça alguém... Que deite embaixo da lua e escute as batidas do seu coração"

Obrigada pela visita no Salivando... conheça o meu blog pessoal e comenta lá?

www.raianareis.blogspot.com


www.salivando.wordpress.com

Blog de discussões comportamentais dos universos feminino x masculino - A sua saliva faz a diferença!

GALERA, o SALIVANDO ficou entre os 7 finalistas do CONCURSO ONBLOG, aproveita e dá uma força, vota lá... www.onblog.zip.net

Abraços!!

Luxus disse...

Antes de ler seu poste esse filme havia passado despercebido por mim...vou observar mais e procurar assisti-lo.

Newton Flamarion disse...

é vou dar um confere abraços

C. disse...

Já vi ele passando em uns cinemas daqui, e o livro em algumas livrarias, mas vou dar uma pesquisada, seu post me deixou curioso a respeito xD

www.casadobesouro.blogspot.com